Um poço de lama. Alguns grãos de desejos. Um oásis de esperança. Um deserto de desespero.

quinta-feira, 13 de março de 2008

Que Figura Interessante É Essa a do Poeta


Como o último orgasmo púbere,
a satisfação do poeta está em encontrar parceiros de sofrimento
Sua libido é o despertar da inspiração
Seu ponto final, uma interrogação
O mistério lhe agrada
A desilusão, o ilude
Que figura interessante é essa a do poeta
Muitos o admiram,
poucos o querem ser

Qual é o poeta que nunca amou uma mulher?
Mesmo que seja um amor
daqueles de brincadeirinha
da esquina à padaria
Que em suas infinitas dúvidas,
desperta a sorrateira afirmação de tempos de discórdias

Que figura interessante é essa a do poeta
Que dorme de olhos abertos
E vive de olhos fechados
Eu queria ser um desses poetas
A cantar cantigas de amor
A uma mulher pendente em um arranha-céu
Sem a mínima vontade vã de vigiar minha criação

Como é boa a vida de poeta
De um último orgasmo púbere,
retira o som do velho
recria o tom do novo
renova o já deposto
e inventa uma nova moda

Que figura interessante é essa a do poeta

2 comentários:

Aline disse...

que figuras interessantes esses poetas que falam de nós.

Montarroyos disse...

Essa foi boa line!

;)